Prevenção de sintomas musculares causados por estatinas

As estatinas (sinvastatina, pravastatina, atorvastatina, rosuvastatina, pitavastatina) são os principais medicamentos utilizados para tratamento do colesterol elevado. Os representantes desta classe são utilizados na prevenção primária e secundária de doenças cardiovasculares como infartos e isquemias. Contudo, como em qualquer medicamento, efeitos adversos podem acontecer. Fraqueza e dores musculares são reportados por 1 em cada 1000 usuários de estatinas. Para evitar este tipo de incômodo, o médico deve estar atendo para alguns detalhes…

Doenças preexistentes

Pacientes com doenças neuromusculares, hipotireoidismo, insuficiência renal aguda ou crônica e doenças biliares são mais propensos a apresentarem sintomas musculares, logo, o uso de estatinas pode ser feito, com cuidado, preferencialmente após a compensação da doença de base.

Acute pain in a shoulder at the young women. young girl keeps for a sick shoulder on a white background

Medicamentos em uso

Medicamentos que inibem a metabolização das estatinas pelos citocromo P4503A4 têm o potencial de aumentar os efeitos adversos musculares das estatinas. São eles: alguns medicamentos usados no tratamento da AIDS e hepatites virais (atazanavir, ritonavir), antifúngicos (cetoconazol, voriconazol), antibióticos (claritromicina, cloranfenicol). Além destes, os fibratos, corticoides e a ciclosporina também aumentam a toxicidade muscular das estatinas.

Escolha da estatina

As estatinas hidrofílicas (pravastatina e rosuvastatina) aparentemente são menos tóxicas ao tecido muscular que as lipofílicas (sinvastatina e atorvastatina). Logo, além do contexto clínico do paciente, o médico deve avaliar o perfil de efeitos adversos e os custos do tratamento, já que a potência e o preço das diferentes estatinas varia.

Atividades físicas

Pessoas que fazem uso de estatina não precisam nem devem deixar de fazer atividades físicas. Entretanto, o programa de atividades deve ser progressivo, já que exercícios vigorosos em pessoas sem condicionamento apropriado podem desencadear lesões musculares.

Observando estes cuidados e mantendo seu médico informado de possíveis sintomas, o tratamento será eficaz e principalmente bem tolerado.

Fonte: UpToDate OnLine

Dr. Mateus Dornelles Severo

Médico Endocrinologista

Mestre em Endocrinologia

CREMERS 30.576

www.facebook.com/drmateusendocrino

Deixe uma resposta