Pesquisa médica com hipotireoidismo subclínico: você pode participar

O hipotireoidismo subclínico é uma disfunção mínima da tireoide caracterizada por níveis elevados de TSH com T4 livre normal. É uma condição de diagnóstico laboratorial já que a maioria dos pacientes ou são assintomáticos ou apresentam sintomas vagos e inespecíficos, principalmente se o TSH é menor que 10 mU/L.

Existe muito debate se o hipotireoidismo subclínico está associado a aumento no risco de doenças cardíacas e vasculares ou a aumento no risco de morte. Os dados sugerem que pessoas com TSH em faixas mais altas possam realmente ter um pequeno aumento de risco (1% ao ano).

Apesar de reconhecer o hipotireoidismo subclínico como doença, a Medicina ainda não sabe a melhor maneira de tratá-lo. Quando existem dúvidas quanto ao tratamento de uma doença, a pesquisa médica entra em cena.

pesquisa mdica

Recentemente, a metformina, que é um medicamento usado no tratamento do diabetes mellitus tipo 2, surgiu como candidata ao tratamento do hipotireoidismo subclínico, já que parece ser capaz de reduzir os níveis de TSH. Tendo conhecimento disso, eu e a Dra. Beatriz Schaan, pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Endocrinologia da UFRGS, desenhamos um estudo que visa avaliar o efeito da metformina sobre o TSH de pacientes com hipotireoidismo subclínico. O estudo está registrado no Comitê de Ética em Pesquisa do Hospital de Clínicas de Porto Alegre sob o número 11-0189.

Este estudo será desenvolvido aqui em Santa Maria e podem participar, gratuitamente, pessoas entre 18 e 65 anos, com hipotireoidismo subclínico, isto é, TSH acima do limite superior da normalidade com T4 livre dentro dos limites.

O estudo terá duração de 3 meses e prevê a realização de exames de laboratório e cardíacos, além do uso do medicamento ou placebo durante o período. Entre os possíveis benefícios da participação estão a verificação de forma muito precisa da função tireoideana, função e anatomia do coração, bem como a evolução das possíveis alterações no decorrer dos 3 meses. Além disso, os resultados possibilitarão o desenvolvimento de tratamentos para doenças da tireoide usando o medicamento estudado.

Se você deseja participar, entre em contato através do telefone (55) 3307 5553, de segunda a sexta-feira em horário comercial para maiores informações sobre os critérios de seleção.

Dr. Mateus Dornelles Severo

Médico Endocrinologista

CREMERS 30.576

mateusdsevero@gmail.com

Deixe uma resposta