Bebidas esportivas (isotônicos) estão associadas a aumento de peso em adolescentes

Já é de conhecimento público que refrigerantes estão associados não só a aumento de peso como também a doenças cardiovasculares. Talvez seja por esse motivo que o consumo de bebidas esportivas, ou isotônicos (Gatorade, por exemplo), venha crescendo.

Contudo, estudo recentemente apresentado no 30º Encontro Anual da Sociedade de Obesidade demonstrou que o consumo de 350 mL de isotônico por dia, associa-se a aumento de cerca de 1,6 kg por ano. Este estudo avaliou cerca de 11.000 adolescentes entre 9 e 15 anos de idade.

isotonicos mateus severo endocrinologia

Estes dados são preocupantes, pois além de estarem associados a aumento de peso maior que o dos refrigerantes, os isotônicos, como o Gatorade, são vendidos em embalagens maiores e são erroneamente associados a um estilo de vida saudável. Esse tipo de bebida geralmente é promovida por atletas profissionais como saudável, entretanto, a maioria das pessoas, incluindo crianças e adolescentes, não precisa fazer uso de isotônicos, a menos que façam exercícios físicos intensos e prolongados em locais com clima quente. Por exemplo, um maratonista que corre cerca de 42 quilômetros, geralmente não consome mais do que uma garrafa de meio litro de isotônico durante o exercício.

Apesar das limitações inerentes a qualquer estudo, essas novas informações servem como alerta não só para os adolescentes, mas para qualquer pessoa que acredite estar cuidando da sua saúde consumindo suplementos esportivos.

Dúvidas sobre alimentação sempre devem ser sanadas com um profissional qualificado, seja ele nutricionista ou médico endocrinologista.

Fonte: Medscape

Dr. Mateus Dornelles Severo

Médico Endocrinologista

CREMERS 30.576

mateusdsevero@gmail.com

Deixe uma resposta