Qual o melhor tipo de arroz? Diferenças entre arroz branco, arroz parboilizado e arroz integral

O arroz integral só apresenta vantagens em relação ao arroz branco. Enquanto o arroz integral tem grãos intactos, preservando assim à película e o gérmen, onde se encontra a maior concentração de nutrientes, o arroz branco ou seja o arroz polido passa por um processo que remove a casca, o germe e, consequentemente, muitos de seus nutrientes. O arroz branco é rico em carboidratos e pobre em proteína, o arroz integral possui proteínas, sais minerais (fósforo, ferro e cálcio), vitaminas do complexo B e fibras.

arroz tipo mateus severo endocrinologia2

Quanto ao valor calórico, não há grandes diferenças. Porém não podemos levar em consideração somente o valor calórico. Devemos lembrar que o arroz integral é um alimento rico em fibras, que além de favorecer o funcionamento intestinal, pode trazer outros benefícios para a saúde como: melhora o metabolismo da glicose nos diabéticos, redução da gordura abdominal, benefícios ao sistema nervoso devido vitamina B1 e melhora do metabolismo muscular. Isso faz do arroz integral um excelente alimento para todos, e , como é isento de glúten, pode ser consumido por pessoas com doença celíaca.

Já o arroz parboilizado passa por um tratamento no qual é parcialmente fervido. Neste processo, a água age sobre os componentes solúveis do grão (vitaminas hidrossolúveis e sais minerais), provocando sua migração da camada externa, onde estão mais concentrados, para o interior do grão, deixando-o mais rico do ponto de vista nutricional. Pode-se dizer que o arroz parboilizado tem melhor valor nutricional em relação ao arroz branco, por sua maior concentração de micronutrientes. Se essa comparação for feita com o arroz integral, o parboilizado sai perdendo em quantidade destes nutrientes e também de fibras. O arroz parboilizado representa um meio termo entre o arroz branco e o arroz integral.

Os tipos de arroz integral e parboilizado também ganham destaque pelos teores de metionina, um aminoácido essencial que evita a queda dos cabelos e hidrata pele e unhas. Além disso, a metionina é precursora de um neurotransmissor, a serotonina, que é uma espécie de antidepressivo natural. O aminoácido ainda auxilia na redução do colesterol e ajuda na fadiga crônica.

É muito comum os pacientes relatarem dificuldade em introduzir o arroz integral na alimentação. Comece introduzindo aos poucos. Por exemplo, se você consome 4 colheres de sopa de arroz, misture-os. Coloque 1 colher de sopa de integral com 3 colheres do branco e vá aumentando gradativamente até seu paladar se acostumar.

Maiana da Costa Vieira
Nutricionista
CRN2 9642
maianavieira@hotmail.com

Deixe uma resposta