Entenda um pouco mais sobre adoçantes

Os edulcorantes, conhecidos como adoçantes, são aditivos que deixam os produtos adocicados, porém sem adição de açúcar. São utilizados em alimentos e bebidas dietéticas visando reduzir o valor calórico. O poder de adoçamento é muitas vezes maior que o do açúcar comum, porém nem todos os adoçantes têm o valor calórico menor.

A indicação de uso desses produtos geralmente é para quem não pode ingerir açúcar como pessoas portadoras de diabetes ou obesos que necessitam de uma restrição calórica. Porém, isso não se torna uma regra, sendo que várias pessoas que não se encontram no grupo citado, fazem o uso de adoçantes. É importante a contagem de gotas a serem ingeridas, lembrando que não pode ultrapassar 10 gotas por copo.

adoante_mateus_endocrinologia

A legislação brasileira divide os adoçantes em naturais e artificiais, sendo que a diferença entre eles se encontra na origem e também seu poder de doçura em relação ao açúcar. Os adoçantes chamados naturais são originados de plantas ou moléculas de compostos naturais. Já os artificiais são feitos a partir de moléculas sintéticas.

Atualmente existem diversos tipos de adoçantes. Abaixo segue uma tabela com os tipos artificiais mais utilizados e suas características.

adoante_mateus_endocrinologia_2

É importante destacar atenção ao consumo de edulcorantes, pois os mesmos devem ser usados em casos indicados, na quantidade permitida por lei, para que não prejudiquem sua saúde. O tipo e a quantidade ideal a ser consumida é individual. Procure um nutricionista ou seu médico para saber quais destes produtos e em que quantidade são os mais saudáveis para você.

Andressa da Rosa Rodrigues

Nutricionista Personal Diet
CRN2 7538p
andressa1_rosa@hotmail.com
andressanutricionista.blogspot.com

Deixe uma resposta