Colesterol alto: qual o risco e quando devemos desconfiar

Colesterol é um composto químico da família do álcoois, isto é, um álcool policíclico de cadeia longa, ou esteroide. É essencial à vida por fazer parte das membranas plasmáticas das nossas células. Elevações do colesterol, na grande maioria das vezes, não causam sintomas, mas podem aumentar o risco de se desenvolver doenças cardiovasculares como infarto agudo do miocárdio e acidente vascular encefálico (isquemia). Devido a este aumento de risco, dependendo dos níveis do colesterol, pode ser necessário tratamento com mudança no estilo de vida e/ou medicamentos.

Não é só o colesterol alto que aumenta o risco de infarto e isquemia. O fumo, a pressão alta, o diabetes mellitus, a história familiar de doença coronariana, sexo masculino e o aumento da idade agem em conjunto, enrijecendo e entupindo as artérias, aumentando o risco de doenças cardiovasculares, sendo por isso considerados fatores de risco.

colesterol mateus severo endocrinologista

Nem todo o colesterol é ruim. Níveis elevados de colesterol HDL (colesterol bom) diminuem o risco, ou seja, protegem as artérias coronárias, evitando o infarto e a angina (dor no peito de origem cardíaca).

Quando uma pessoa assintomática deve dosar o colesterol no sangue? As recomendações atuais são as seguintes:

– homens sem outros fatores de risco com 35 anos ou mais;

– mulheres sem outros fatores de risco com 45 anos ou mais;

– homens com outros fatores de risco (fumo, pressão alta, história familiar de doença cardíaca precoce) com 20 anos ou mais;

– mulheres com outros fatores de risco (fumo, pressão alta, história familiar de doença cardíaca precoce) com 30 anos ou mais;

Na amostra de sangue, são dosados o colesterol total, HDL e triglicerídeos. Com essas variáveis, podemos calcular os níveis de colesterol LDL e também o risco cardiovascular. São estes dois últimos parâmetros que definem o tipo e a intensidade do tratamento.

 

Última edição deste texto em 18 de junho de 2017.

Dr. Mateus Dornelles Severo

Médico Endocrinologista

CREMERS 30.576 – RQE 22.991

www.facebook.com/drmateusendocrino

Deixe uma resposta