Nódulos de tireoide: o que você precisa saber

O que são nódulos de tireoide?

Nódulos de tireoide são caroços redondos ou ovais localizados na glândula tireoide, na região anterior do pescoço. Estes nódulos são relativamente comuns e na maioria das vezes não trazem risco à saúde de quem os possui. Mas em alguns casos, os nódulos podem ser causados por doenças graves, como o câncer.

A tireoide produz hormônios essenciais para regular nosso metabolismo. Geralmente, os nódulos de tireoide não interferem na produção desses hormônios. No entanto, alguns podem produzir excesso de hormônio e causar sintomas de hipertireoidismo.

nodulo de tireoide mateus severo endocrinologista

Quais são os sintomas que os nódulos de tireoide podem causar?

Grande parte dos pacientes não sente nada. Descobre o nódulo em consultas de rotina ou por exames pedidos por outro motivo, como ecografia do pescoço. Por outro lado algumas pessoas têm sintomas como: sensação de corpo estranho no pescoço, aperto ou sufocamento no pescoço, perda de peso, fraqueza, coração acelerado e tremor.

Quais exames são necessários na avaliação do nódulo de tireoide?

Para se avaliar o nódulo de tireoide são necessários exames de sangue (hormônios da tireoide) e ecografia (exame de imagem que dá detalhes do tamanho e anatomia do nódulo). Alguns pacientes, dependendo do resultado desses exames, precisam fazer avaliação complementar com:

Punção aspirativa com agulha fina (PAAF): com uma agulha muito fina se retira uma pequena amostra de células do nódulo para serem examinadas no microscópio. Esse exame diz se o nódulo é maligno, benigno ou suspeito.

Cintilografia de tireoide: se ingere uma pequena quantidade de iodo radioativo e se avalia quais áreas da tireoide este material se concentra. É realizada quando se suspeita que o nódulo esteja produzindo hormônio em excesso.

Qual o tratamento dos nódulos de tireoide?

O tratamento depende se o nódulo causa sintomas compressivos, se produz ou não hormônios em excesso ou se é maligno ou benigno. Nódulos malignos, ou seja, câncer de tireoide, são tratados com cirurgia. Nódulos benignos e assintomáticos podem ser somente observados. Nódulos que produzem hormônio em excesso podem ser tratados com iodo radioativo.

Se você possui ou desconfia que possua nódulo(s) na tireoide, procure um endocrinologista para uma avaliação criteriosa.

Dr. Mateus Dornelles Severo

Médico Endocrinologista

CREMERS 30.576 – RQE 22.991

www.facebook.com/drmateusendocrino

Deixe uma resposta